Notícias

Leia a Móveis de Valor de novembro/dezembro

Esta edição aborda desde o mercado de móveis infantis até os padrões de compra da melhor idade


A Revista Móveis de Valor de novembro/dezembro já está disponível e veio para fechar o ano com chave de ouro. Enquanto o final de 2016 marcou um ano desafiador para o setor moveleiro, 2017 mostrou que a retomada da economia está mais próxima do que imaginávamos. O Gold Map, estudo de mercado do Intelligence Group, estima potencial de consumo de R$ 68,030 bilhões para móveis, elevação de 10,3% sobre 2016 e de 2% em relação ao potencial previsto em 2017. Confira a análise deste ano e a projeção detalhada do ano que vem na reportagem de Mercado desta edição.

 

Ainda em Mercado, leia reportagem sobre os padrões de compra da melhor idade. Com o aumento da expectativa de vida, hoje na casa dos 75,5 anos e chegando em 2050 aos 81,3 anos, a quantidade de consumidores com mais de 60 é cada vez maior. Mas ainda não há empresas do setor moveleiro desenvolvendo produtos para este público. Saiba também que é muito bom falar sobre a importância de conhecer o seu consumidor como um pilar central da identidade da empresa, no entanto o processo de compreensão e definição de consumidores está mudando: as pessoas não se encaixam perfeitamente nas “caixas”. Veja mais em “Quem mexeu no meu cliente?”.

 

Praticamente todos os setores da indústria moveleira tiveram que absorver reajustes de preços de Matéria-Prima este ano. Nos primeiros lugares dessa lista revezam-se o TDI e o Poliol, componentes indispensáveis para a produção de espumas. Uma das principais fornecedoras no Brasil, a Dow, reconheceu a elevação e afirmou que disponibilidade dos insumos está sendo ajustada. Outro componente dos colchões, o molejo bonnel, é tema desta edição. Este verdadeiro “clássico” mantém estabilidade no mercado, principalmente devido ao seu alto custo-benefício.

 

E o Especial desta edição é sobre o mercado de móveis infantis. A nova geração de pais e crianças está muito mais antenada, favorecendo as empresas que enxergam neste cenário oportunidades para oferecer serviços e produtos diferenciados. Neste contexto, o setor de móveis infantis revela um grande potencial, que ainda pode ser mais bem explorado pela indústria. A reportagem também exemplos inspiradores para o mercado brasileiro, lembrando que sonho de criança é coisa séria. Está imperdível!

 

Nesta edição, também tem Caderno MV Decor, recheado de novidades. Clique aqui para acessar a versão digital e aproveite!




Continue recebendo as melhores informações do setor moveleiro

ASSINE NOSSA NEWS