Notícias

Vendas de móveis sobem 6,1%

O mês também foi positivo no Nordeste, que vinha apresentando números negativos


Pesquisa mensal do IBGE mostra novamente um mês de reação no varejo de móveis. Curiosamente, os meses de março, maio e julho foram positivos, mas oscilam com os demais meses negativos, o que mantém os números negativos no acumulado do ano (10,1%) e nos últimos 12 meses (10,8%) na variação do volume de vendas. Em julho a alta em volume de vendas alcançou 6,1% na comparação com julho de 2016. Os resultados em receita nominal de vendas não diferem significativamente, como se vê no quadro abaixo, exceto no acumulado do ano e de 12 meses.

 

O mês de julho foi muito positivo também no Nordeste, região que vinha apresentando números muito negativos até agora. Em julho Pernambuco registrou alta de 22,5% e a Bahia 23,5%. Apenas o Ceará registrou queda significativa (-21,1%) em volume de vendas. No Sudeste, os quatro estados registraram alta com destaque para o Espírito Santo (+67,3%), seguido por São Paulo (+17,5%), Rio de Janeiro (+7,0%) e Minas Gerais (+4,5%) na comparação com o mesmo mês do ano passado. Na região Sul, os três estados registraram queda com ênfase para Santa Catarina (-22,9%), seguida do Paraná (-15,6%) e Rio Grande do Sul (-2,3%). O Distrito Federal apresentou a segunda maior elevação em julho com 50,9% em relação a julho de 2016.

 




Continue recebendo as melhores informações do setor moveleiro

ASSINE NOSSA NEWS